Crianças prodígio no esporte

De forma saudável, milhares de crianças prodígio aderem à moda de participar de alguma modalidade no esporte. A prática sempre deve ser feita de maneira equilibrada e supervisionada, lembrando-se que esporte é sinônimo de diversão, não de obrigação.

Iniciado entre os quatro e os seis anos de idade, vários podem ser os benefícios que a prática abrange, como o desenvolvimento de novas amizades, o cuidado com o físico e mental, o controle de situações e a criação de bons hábitos.

crianças prodígio

Crianças prodígio

E no especial TwoDogs de Dias das Crianças, vamos mostrar pra vocês 5 crianças que encontraram no esporte uma paixão pra vida toda!!

 Pâmella Mel (SURF)

 

Crianças prodígio

 

Começou no surf com apenas seis anos de idade e desde então vem se tornando um orgulho para sua família, principalmente para o pai, que também é surfista!

Integrante da equipe Instituto Gabriel Medina, começou a participar de eventos de surf com a ajuda de seus familiares, amigos e conhecidos.

Pâmella já disputou mais de 90 campeonatos e teve importantes títulos conquistados. É campeã mundial e também reconhecida como a surfista mais jovem no Brasil. A surfista deseja servir de inspiração para outras meninas e mulheres que queiram surfar para competir, obter uma melhor qualidade de vida ou apenas se divertir.

Prêmios

Campeonatos disputados: 94
Pódios conquistados: 104
Títulos em 1º lugar: 31

Isadora Pacheco (Skate)

 

Crianças prodígio

 

Aposta brasileira no skate feminino para as Olimpíadas de 2020, a catarinense descobriu sua paixão pelo skate com apenas cinco anos de idade.

Sempre bem humorada, a menina é grande referencia por ter conquistas de cair o queixo. É  a atual líder do ranking infantil feminino 2016.

Com um currículo invejável, Isadora ficou em sexto lugar em uma competição na Califórnia, a Vans Girls Combi Pool, na categoria até 14 anos de idade.

Já fizemos uma entrevista com a Isa e você pode conferir aqui!!

Prêmios

– Campeã brasileira fem. modalidades park e bowl 2016
-Campeã brasileira fem. infantil de bowl e banks 2014
-5. colocada brasileiro feminino 1 de bowl e banks 2014

João Victor (HandBike)

 

 Crianças prodígio

 

Conhecido como João na Handbike, é um exemplo de superação no esporte, sendo um dos únicos jovens atletas nessa categoria.

Nascido com uma doença chamada Mielomeningocele, doença essa que afeta o desenvolvimento adequado da espinha, mas que não o impediu João de se apaixonar por esportes, em essencial, pedalar.

O João iniciou a prática na Handbike em novembro de 2016, com apenas 12 anos de idade. Não tendo idade suficiente para participar de campeonatos, ele participa de corridas e meia maratonas com distâncias de 5 até 21kms!!

 

Yan Söndahl

Crianças prodígio

 

O talento do menino e suas habilidades com a prancha vêm sido acompanhados e comparados com de grandes surfistas.

Com apenas 12 anos de idade, o catarinense Yan Sondahl já foi um grande fã do skate. Por não ter pistas em sua cidade, acabou parando com seus treinos.

A partir de então, Yan se apaixonou pela água, e logo então, pelo surf. Seus pais viram seu talento e começaram a acompanhar o pequeno atleta.

Conquistou seu espaço nesse mundo, fazendo grandes amigos como Gabriel Medina e até o cantor Jack Johnson. Yan sonha em se tornar campeão mundial de surf – e pelo visto, não vai demorar muito com tanto talento.

Suas principais atividades marcam presença em seu Instagram pessoal ou do pai. O garoto possui um programa no canal WooHoo, onde conta todas as suas aventuras, seja no mar ou em terra. Confere lá!!

 

logo-twodogs-s-w

(41) 3046-0337

Newsletter

Downloads

© Copyright 2016 - Two Dogs | Desenvolvido por Fresh Lab Agência Digital