História do surf no Brasil

Que o surfe brasileiro está em alta não é novidade para ninguém. Nomes como Gabriel Medina, Felipe Toledo e Gabriel de Souza não param de disputar rankings em mundiais de surf nas praias mais iradas do mundo.

Como esses caras chegaram lá? Ou ainda, como o surf chegou em nosso país? Vamos saber mais hoje no blog da Two Dogs.

Como a maioria dos esportes, a origem do surf não é totalmente precisa, mas indícios mostram que sua prática teve início em algumas ilhas do Pacífico na Polinésia.

História do surf

No começo, surfar era mais como uma forma de sobrevivência do que qualquer outra coisa. Os nativos precisavam pescar e usavam um barco bastante tradicional. Contudo, para voltar para a terra, eles pegavam carona nas ondas para ir mais rápido até a praia.

O surfe pegou todo mundo de jeito mesmo no Havaí, que depois de aprimorado era um esporte exclusivo da realeza local, que fazia rituais de oferenda com a prática do surfe.

Nessa época, cada pessoa podia surfar de uma maneira. Os reis e seus filhos surfavam em pé em pranchas de cerca de 2m de comprimento.

Os nativos próximos da família real também podiam surfar, mas em pranchas menores e não podiam ficar em pé. Para o restante do povo o esporte era proibido.

Assim, até o início do século XX o surfe ficou restrito às ilhas havaianas. Apenas com o ex-nadador olímpico havaiano Kahanamoku que o esporte começou a ficar conhecido. Ele carregava sua prancha de surfe em cada competição que participava.

História do surf no Brasil

E aqui em nosso país, o surfe foi inserido por profissionais de companhia aéreas, que conheceram o esporte fora do Brasil e trouxeram para nós.

A praia de Santos, em São Paulo pode ser considerada como o ponto de início da prática do surfe no Brasil. Não foi nada difícil a prática do surfe cair no gosto de todo mundo e se popularizar em todo litoral brasileiro.

As primeiras pranchas utilizadas eram feitas de madeir. Foram usadas até a década de 60, quando deram lugar para as pranchas de fibra de vidro.

Após conquistar o coração de muitos surfistas em todo o Brasil, apenas em 1965 o país pôde contar com a primeira organização destinada ao esporte. Fundou-se a Associação de Surfe do Rio de Janeiro.

Mesmo assim, a Organização Brasileira de Desportos só reconheceu surfe como esporte no ano de 1988, quando aconteceu o primeiro campeonato de surfe no Brasil.

História do surf feminino

E é claro que o esporte daria lugar para as mulheres, mais cedo ou mais tarde. O primeiro campeonato brasileiro masculino aconteceu em 1987. Apenas dez anos mais tarde tivemos o primeiro campeonato brasileiro feminino, em 1997.

O esporte ganhou vários nomes de destaque ao longo de sua história, como Peterson Rosa, Tita Tavares e Andrea Lopes.


Para quem surfa ou para quem quer começar, não restam dúvidas de que esse esporte é completo. Além de uma incrível prática de atividade aeróbica, proporciona um contato direto com a natureza. Benefícios para o corpo e para a mente, além de ser uma excelente forma de fazer amigos!

logo-twodogs-s-w

(41) 3046-0337

Newsletter

Downloads

© Copyright 2016 - Two Dogs | Desenvolvido por Fresh Lab Agência Digital