Em meio à crise, será que as empresas precisam se reinventar?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Sabe aquela ansiedade ao ouvir todos falando que é hora de inovar? Hora de mudar e se reinventar neste momento de crise. Mas será mesmo? Será que as empresas precisam realmente se reinventar?

Essa é uma pergunta bem importante para se fazer, pois para muitos modelos de negócios e empresas, realmente pode ser imprescindível uma mudança neste momento. Porém, para outros modelos de negócios e empresas, é o momento ideal para se organizar, melhorar a gestão e os processos do seu próprio modelo de negócio, pensando na retomada do crescimento pós crise.

O primeiro passo é se perguntar se a empresa tem feito o “feijão com arroz” de maneira eficaz? Será que o básico esta bem feito? A empresa faz o essencial? E quando se refere ao bem feito, não significa que deve ser perfeito, mas sim bem feito.

“Pensar desta forma e focar nas necessidades não tem nada a ver com se reinventar, mas sim em como melhorar.”
Marcos Fortuna
Diretor executivo da TwoDogs

Assim sendo, não importa o tamanho da empresa, pois mesmo em empresas com apenas uma pessoa, é possível melhorar a gestão e se transformar de maneira eficiente. Basta querer, afinal de
contas, é importante ter em mente que para crescer é necessário se organizar e pensar como uma grande empresa. A busca pela perfeição, em muitos momentos, pode atrapalhar a execução de um bom plano. Desta forma, é melhor algo bem feito ao invés de um perfeito que não sai do papel.

“Seja prático, objetivo e faça! Se não tem computador, faça em um folha de papel, o importante é fazer independente das ferramentas”, afirma Marcos Fortuna.
O empresário deve se perguntar com frequência: O que é o básico no seu negócio? Quais as atividades essenciais para realizar bem feito o trabalho? O que é possível fazer para entregar o “feijão com arroz” de maneira eficiente? E então, ao encontrar as respostas para essas perguntas básicas, o empresário deve focar em fazê-las da melhor forma possível.

Vale destacar que não se trata de reinventar nada, mas sim em melhorar o que já se faz para se destacar no mercado.

Se a empresa é uma Pizzaria, por exemplo, qual é o básico que precisa ser feito?
Talvez seja fazer a pizza com o mesmo sabor, independente do cozinheiro. Desta maneira, a pergunta que deve ser feita é: Como fazer a mesma pizza, com o mesmo sabor todas as vezes que eu, ou outra pessoa
estiver produzindo a pizza? A solução pode ser, escrever o processo, as receitas e os tempos.

Ao pensar desta forma e focar nas necessidades não tem nada a ver com se reinventar, mas sim em como melhorar.

Marcos Fortuna
Diretor executivo da TwoDogs

Junte-se à lista de espera Informaremos você quando o produto chegar ao estoque. Deixe seu endereço de e-mail válido abaixo.
Open chat
Precisa de Ajuda?